Vídeos

A capoeira é a maior divulgadora da cultura brasileira

IMG_3696
Escrito por Luciana Barreto

Um novaiorquino apaixonado pela Capoeira. Conheça a história do Professor Furacão.

O toque do berimbau foi como uma hipnose para o americano Freddy Antonio Correa. Aos vinte anos, Freddy conheceu uma roda de capoeira na universidade onde cursava arquitetura.

Freddy Antonio Correa

Freddy Antonio Correa

Se apaixonou. Decidiu ficar três meses no Brasil para conhecer melhor a arte da capoeira. Se tornou discípulo do Mestre Camisa, presidente fundador do grupo Abadá. Ficou três anos por aqui. Abandonou o curso de arquitetura. Se tornou o Professor Furacão, um dos maiores defensores da capoeira nos Estados Unidos. Furacão tem cerca de 130 alunos em universidades e academias de Nova Iorque. Ele está no Brasil para participar dos Jogos Mundiais de Capoeira, de 21 a 23 de agosto, no Rio de Janeiro. A edição deste ano é especial – vai comemorar o aniversário de 60 anos do Mestre Camisa.

Veja também o artigo “O brasileiro tem que se abrasileirar.”

Sobre a Autora

Luciana Barreto

Deixe um Comentário